O novo passo da operação-desmonte

Por José Álvaro de Lima Cardoso | Em surdina, governo empurra “reforma” administrativa. Ao demonizar funcionalismo, e ceifar seus direitos, ela atinge as maiorias, que precisam dos serviços públicos. E completa o ataque geral ao trabalho, principal objetivo do golpe de 2016… >>

0
Lava Jato & reforma trabalhista

Por Jorge Luiz Souto Maior | No momento em que assume a responsabilidade de passar os fatos a limpo não se pode deixar de realizar também o reconhecimento de que a “reforma” trabalhista foi fruto e até motivo do golpe de 2016… >>

1
Manipular resultados é artimanha de governos autoritários

Por João Carlos Juruna, Wagner Gomes e Álvaro Egea | Não se sabe ainda qual o estrago e o alcance que terão os dados distorcidos apresentados pelo Ministério da Economia, mas conhecendo o perfil autoritário e simpático à ditadura militar do mandatário, essa distorção não parece casual… >>

0
O Direito e as suas fraudes

Por Márcio Túlio Viana | É preciso levantar o véu que cobre o processo de destruição de direitos sociais, e de modo particular a reforma trabalhista… >>

0
A estreita relação entre o trabalho informal e a covid

Por Adalberto Cardoso e Thiago Brandão Peres | Não por acaso Brasil é um dos mais atingidos pela pandemia. Exército de precarizados, que não pode ficar em casa, foi quem mais adoeceu. Por trás disso, a aliança entre bolsonarismo e elite financeira se uniram para esfacelar leis trabalhistas… >>

0
A desconstrução da sociedade salarial

Por José Dari Krein e Renata Dutra | Aparentemente contraditórias, propostas do governo para o pós-pandemia têm foco claro: devastar direitos sociais e trabalhistas. Substituí-los por um assistencialismo que mal garante a sobrevivência e desarticula a luta sindical… >>

0
Como o Brasil precariza até a palavra reforma

Por Paulo Kliass | Trabalhista, Fiscal, da Previdência e, agora, a Administrativa. Nada melhoram, só devastam os direitos sociais. Uma estratégia perversa das elites para sepultar, pouco a pouco, a Constituição de 1988 — que nunca aceitaram de fato… >>

0