Processos de inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho: a apropriação da Solução Assistiva no Contexto das Organizações Brasil-Espanha

Autora: Ana Cristina Cypriano Pereira
Orientadora: Liliana Maria Passerino
Ano: 2016
Tipo: Tese de Doutorado
Instituição: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação
Repositório: Lume – Repositório Digital da UFRGS
Resumo: Alicerçado pela visão da importância do trabalho para as pessoas com deficiência, este trabalho tem o intuito de compreender processos de inclusão de trabalhadores com deficiência a partir das adaptações que emergem para a realização das atividades. Assim, o estudo tem como questão central de pesquisa Como as soluções assistivas desenvolvidas no âmbito das organizações podem contribuir para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho? São seus objetivos específicos (a) identificar soluções assistivas no âmbito laboral, e sua gênese; (b) analisar os processos de apropriação inerentes às soluções, considerando os atores envolvidos nos processos de inclusão laboral no Brasil e na Espanha; (c) identificar processos de formação de recursos humanos para a inovação e uso de soluções assistivas; e (d) elaborar protocolo para construção de soluções assistivas visando a apoiar o processo de inclusão das empresas nas diferentes áreas que compreendem o trabalho em organizações (acesso, transporte, desenvolvimento da atividade laboral, espaços complementares e espaços de lazer). Desta forma, a tese embasa seu contexto histórico através do aprofundamento nos temas sobre a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho brasileiro e espanhol, detendo-se no panorama das políticas públicas em ambos os países. Além disso, são debatidos e aprofundados os temas das tecnologias e tecnologias assistivas, para desenvolver, através dos conceitos de ação mediada e apropriação, a proposição do conceito de soluções assistivas. A partir da caracterização das empresas, através de estudo multicasos realizado com organizações do Brasil e da Espanha, são apresentados exemplos de soluções assistivas que foram classificadas de acordo com o foco identificado, seja a cena, o agente (sujeito – outro), a agência, o ato ou o propósito. Além disso, são analisados os fatores que envolvem a gênese e a apropriação da Solução nos contextos estudados, destacando a importância, em cada contexto, dos processos evoluírem para a consciência do sujeito. A tese apresenta a análise dos processos de inclusão à luz do conceito de soluções assistivas identificadas no percurso do estudo, o seu uso e a gênese da sua emergência no contexto das organizações com o intuito de viabilizar e qualificar o trabalho das pessoas com deficiência. Além disso o estudo propõe, como resultado, um Protocolo que foi denominado Index de Inclusão Organizacional como ferramenta de diagnóstico e aprendizado nas organizações para os processos inclusivos. Ainda que em utilização piloto, acredita-se que o documento pode ser um importante auxílio nos processos de avaliação das organizações. Por fim, mesmo que tenha se observado a invisibilidade ou a carência de alguns processos de adaptações, entende-se que este estudo contribui para a identificação de soluções assistivas, demonstrando a sua potencialidade para um processo de mudança cultural.
Arquivo: Acesse aqui o texto completo

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *