Trabalho, tecnologia e globalização: a necessidade de uma reforma sindical no Brasil

CASTROtrabalho_350“… dar forma melhor e mais aperfeiçoada amudar no todo ou em parteatualizar …”, esses são alguns dos significados de reforma que, aplicados às relações de trabalho e ao sindicalismo, indicam o caráter positivo da mudança que se faz necessária.

Antonio Escosteguy Castro situa a dimensão imperiosa da reforma sindical no quadro econômico, institucional e político, configurado pela reestruturação produtiva em curso nas duas últimas décadas. Não se trata de acomodar interesses localizados nem tampouco de promover adaptações superficiais para corrigir problemas e desequilíbrios do mundo do trabalho. Para barrar os efeitos mais nefastos da globalização e da revolução tecnológica, as mudanças devem ser de peso. Para justificá-las, o autor procede a uma pertinente retrospectiva do processo de reestruturação produtiva, impulsionado pelo neoliberalismo; realiza uma análise sintética da evolução da estrutura sindical, indicando com clareza os principais descompassos que existem atualmente entre o processo em curso e o quadro jurídico.

O desemprego, a flexibilização laboral e a incapacidade dos sindicatos de fazerem face aos efeitos mais deletérios do novo paradigma, além de outras questões essenciais, são apresentados de maneira articulada, justificando as propostas apresentadas nos capítulos finais.

As análises do autor fundamentam a necessidade de um novo contrato social, pautado por princípios que conduzem a um verdadeiro avanço civilizatório. Todas as questões estão pautadas pelo espírito pluralista, pelo compromisso democrático, pelos ideais de justiça e equidade, tendo como protagonista central o movimento sindical com suas incontornáveis instituições que compõem a verdadeira democracia.

A reforma sindical é possível e imperiosamente necessária. A. Castro apresenta sugestões de maneira clara e objetiva, destacando sua exequibilidade. As questões gerais e específicas delineiam um contrato social para sair do século passado e para entrar, finalmente, no século XXI.

(texto de Antonio David Cattani, presente no livro)

Informações

Título: Trabalho, tecnologia e globalização: a necessidade de uma reforma sindical no Brasil
Autor: Antonio Escosteguy Castro
Editora: LTr
Ano: 2006
Sumário: clique aqui

Onde encontrar: A obra pode ser adquirida em livrarias, como a Livraria Cultura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *