Trabalhadoras de fábricas indianas que produzem para grandes marcas alegam exploração

Fotografia: K M Asad/Getty Images

Trabalhadores indianos em fábricas que abastecem as cadeias de supermercados Marks & Spencer, Tesco e Sainsbury’s e a grife de moda Ralph Lauren alegam estarem sendo submetidos a condições de exploração.

Mulheres que trabalham em um fornecedor da Ralph Lauren disseram que foram forçadas a pernoitar para completar os pedidos, às vezes exigindo que dormissem no chão da fábrica. E afirmam que recebem um salário irrisório, equivalente a US$ 3 por dia (R$ 16 na cotação atual).

Os funcionários apontam que foram obrigados a suportar condições que seriam inaceitáveis para empregados das mesmas marcas no Reino Unido.

As redes citadas afirmam que vão aumentar sua fisclaização sobre a cadeia de fornecedores.

Veja no vídeo.

Fonte: BBC News Brasil
Data original da publicação: 24/11/2020

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *