O solo movediço da globalização: relações de trabalho na Vale S.A.

Autor:Thiago Trindade de Aguiar
Orientador:Leonardo Gomes Mello e Silva
Ano:2019
Tipo:Tese de Doutorado
Instituição:Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas. Departamento de Sociologia. Programa de Pós-Graduação em Sociologia.
Repositório: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
Resumo: Esta tese apresenta um estudo de caso sobre a Vale S.A. e as relações de trabalho e sindicais na empresa por meio de observações em campo e entrevistas realizadas no Brasil e no Canadá. Seu objetivo é analisar questões como: 1) a transnacionalização em curso da Vale e suas consequências para as relações de trabalho, revelando aspectos da dinâmica de integração da economia brasileira ao capitalismo global; 2) a estratégia de relações de trabalho e sindicais da empresa, que busca o enfraquecimento e o isolamento dos sindicatos, evitando ameaças ao poder corporativo; e 3) a reestruturação das operações da Vale no Canadá e as mudanças promovidas na relação com o sindicato e com os trabalhadores locais, baseadas na estratégia de relações de trabalho desenvolvida historicamente pela empresa no Brasil, o que levou à maior greve no setor privado naquele país em 30 anos.
Arquivo: Acesse aqui o texto completo
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *