CNTE convoca greve nacional de professores e promete ato em defesa da educação

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) convocou para os próximos três dias, a contar desta segunda-feira (17/03), uma greve nacional dos professores.

O órgão, que representa mais de três milhões de educadores das redes públicas de educação básica, reivindica o cumprimento da lei do piso, carreira e jornada; investimento dos royalties de petróleo na valorização da categoria; votação imediata do Plano Nacional de Educação (PNE); destinação de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação pública.

De acordo com a CNTE, na próxima quarta-feira (19/03), mais de cinco mil pessoas de todo o país estarão reunidas na capital federal, a partir das 9h, para um ato em defesa da educação, em uma tenda que será montada em frente ao Congresso Nacional.

Em Curitiba, professores da rede municipal de ensino entraram em greve nesta segunda-feira (17/03)  por tempo indeterminado. Eles pedem a discussão sobre a forma de enquadramento no plano de carreira, a contratação de mais profissionais e a composição da jornada em hora-aula.

[divide]

Fonte: Agência Brasil
Texto: Paula Laboissière
Data original da publicação:17/03/2014

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *