As grandes corporações estão priorizando lucros em detrimento da segurança dos trabalhadores e do enfrentamento ao coronavírus

Ilustração: Matt Kenyon

Às vésperas do marco de seis meses de uma das maiores crises sanitárias do mundo, relatório da Oxfam destaca como o atual modelo econômico tem priorizado o lucro dos mais ricos sobre a vida dos mais pobres. Enquanto milhões perdem empregos, renda e dignidade, alguns poucos super-ricos ficam ainda mais ricos na pandemia.

As grandes empresas cortaram custos e empregos, usaram toda sua influência política para moldar, em benefício próprio, as ações de governo para conter a crise e não reduziram riscos de contaminação em suas cadeiras de fornecimento. Resultado: milhões de pessoas estão sendo empurradas para a pobreza, enquanto alguns poucos bilionários ficam ainda mais ricos.

Acesse o relatório no site da OXFAM.

Fonte: IJF
Data original da publicação: 09/10/2020

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *