Enfim, a classe trabalhadora chegou ao paraíso?

Por Ana Claudia Moreira Cardoso e Karen Artur | Parece claro que foram as plataformas digitais de trabalho que chegaram ao paraíso, ao terem a liberdade de impor suas regras e se colocarem (falsamente) como simples mediadoras entre consumidores e fornecedores de serviço… >>

0
Guerreiros(as) meninos(as) ubertizados(as)

Por Flávio da Silva Azevedo Junior | A composição ‘Um homem também chora (guerreiro menino)’, de Gonzaguinha, se apresenta atual e dialoga com temas como a importância do trabalho e a consequência de não o tê-lo… >>

0
Uberização: desafios laborais e sociais

Por Maria da Paz Campos Lima | Ao contrário de outros países, o debate sobre a Uber em Portugal não deu a mesma atenção no plano legal aos problemas do emprego e condições de trabalho, centrando-se sobretudo na questão da concorrência desleal… >>

0
Quem gerencia o trabalho sem gerente?

Por Henrique Weiss | A precarização do trabalho vai além do que é materialmente visível e vem assumindo novas facetas que naturalizam o acúmulo de funções não remuneradas… >>

0
A era dos coletivos de solidão

Por Boaventura de Sousa Santos | Estamos entrando em uma era não relacional em que os atributos que definem grupos de população são naturalizados e separados entre si de modo a não ser visível a relação que há entre eles… >>

0
Ken Loach: uberização é o trabalho escravo moderno

”Todo filme é um ato político”, diz um dos maiores cineastas vivos, o britânico Ken Loach, em entrevista ao jornal The Guardian, após o sucesso do seu novo filme, ‘Sorry We Missed You’, considerado como uma continuação de ‘Eu, Daniel Blake’… >>

0
Universidade ‘low cost’?

Por Roberto Leher | Quais regimes de contratação existem e qual o regime que assegura a autonomia necessária para assegurar a liberdade de cátedra no Brasil?… >>

0