Trabalhadores do mundo: ensaios para uma história global do trabalho

lindentrabalhadores_350Com os estudos apresentados neste volume, pretende-se contribuir para uma história global do trabalho livre do eurocentrismo e do nacionalismo metodológico. Fazendo uso de literatura originária de diversas regiões, épocas e disciplinas, argumentos e ferramentas conceituais são fornecidos para uma interpretação diferente da história — uma história do trabalho que integre a história da escravidão e da servidão por contrato, e que dê séria atenção aos desdobramentos divergentes, embora interligados, ocorridos em diferentes partes do mundo. Três perguntas formam o cerne das indagações presentes no livro:

• Qual a natureza da classe trabalhadora mundial, que é o objeto da história global do trabalho? Como podemos definir e demarcar essa classe, e que fatores determinam sua composição?

• Que formas de ação coletiva essa classe trabalhadora desenvolveu ao longo do tempo, e qual a lógica desse desenvolvimento?

• O que podemos aprender com as disciplinas afins? Quais contribuições da antropologia, da sociologia e de outras ciências sociais são úteis para o desenvolvimento da história global do trabalho?

(texto presente no site da editora, com alterações)

Informações

Título: Trabalhadores do mundo: ensaios para uma história global do trabalho
Autor: Marcel van der Linden
Editora: Unicamp
Ano: 2013

Trecho: Leia aqui as primeiras 20 páginas do livro.

Onde encontrar: A obra pode ser adquirida diretamente de sua editora, em livrarias, como Livraria Cultura, ou em sebos cadastrados no site Estante Virtual, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *