Bolsonaro vai se dar mal: trabalhadores preferem a informalidade à CLT precária

Por Rosana Pinheiro-Machado | Bolsonaro não percebeu, mas o trabalhador já fez a sua escolha: ou mais direitos ou informalidade. O que ele propõe para gerar empregos é flexibilizar ainda mais a legislação trabalhista. O problema é que a fórmula neoliberal não se sustenta porque as pessoas aprenderam que “se é para ser escravo, é melhor ser escravos de si próprio”… >>>

Análise de um ano da reforma trabalhista

Marina Sampaio e Paula Freitas de Almeida

Houve aumento da informalidade e das fraudes ao vínculo de emprego, e o salário mínimo tende a se tornar ‘salário-teto’ com o trabalho intermitente.… >>>

Os nomes do jogo (e o apartheid semântico)

Marcia Denser

Com o propósito de ligar o dogma à realidade, ideologia à lógica, o neoliberalismo é o jogo que inventa novos nomes para velhas desgraças, eleva-as ao máximo e as vende de volta aos trouxas como bênçãos. … >>>