Menos greves, menos direitos

Um ano após entrar em vigor, reforma trabalhista reduz acordos coletivos, receita de sindicatos e número de paralisações de trabalhadores.… >>>

0