A classe trabalhadora precisa de agenda no Congresso Nacional?

Por Marcos Verlaine | Elaborar e construir essa agenda da classe trabalhadora no Congresso Nacional dará visibilidade e recolocará esse relevante ator social no debate da grande pauta do País e vai permite disputar com outros atores sociais o que de fato interessa e é importante para o Brasil… >>>

0
“Austeridade” para quem?

Por Paulo Kliass | Congresso retomará atividades com a “reforma” administrativa. A pretexto de “sanear finanças”, reduzem-se salários de servidores e extinguem-se políticas públicas. Mas obsessão é seletiva – em um ano, já foram R$ 178 bi em juros da dívida pública… >>>

0
Universidade ‘low cost’?

Por Roberto Leher | Quais regimes de contratação existem e qual o regime que assegura a autonomia necessária para assegurar a liberdade de cátedra no Brasil?… >>>

0
Servidores públicos desmentem Bolsonaro sobre privilégios da categoria

Em audiência na Comissão de Trabalho, de Administração e de Serviço Público (CTASP) da Câmara dos Deputados, as entidades do serviço público brasileiro exigiram valorização dos planos de carreiras dos servidores públicos federais e desmentiram a narrativa do governo Bolsonaro sobre privilégios das categorias.… >>>

0
O servidor público como bode expiatório

Jorge Barcellos

Antigamente eram os ricos e privilegiados que tinham maiores riscos de morte violenta nas mãos da multidão descontrolada: hoje este lugar é ocupado pelos servidores públicos de média remuneração. A morte não é real, é simbólica, pelo fim da valorização da condição de serviço público como algo de valor. … >>>

0