Salário mínimo na ditadura e hoje

João Sicsú

O salário mínimo é um vetor de enorme importância para a sociedade brasileira. Quando é reduzido, promove degradação distributiva e desigualdade social. E o contrário é verdadeiro. Grande parte das conquistas sociais dos anos 2000 pode e deve ser atribuída à política atual de recuperação e valorização do salário mínimo, que hoje está no patamar do início dos anos 1960.… >>>

0
Governo estima salário mínimo de R$ 779 para 2015

O Governo Federal encaminhou na terça-feira (15/04) ao Congresso Nacional o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2015 (LDO-2015). Pelo projeto, o salário mínimo será reajustado em 7,71% e vai ficar em R$ 779,79 em 2015.… >>>

0
Salário mínimo e o discurso catastrofista

Jaciara Itaim

Os fundamentos da política conservadora sempre demonizaram qualquer tipo de iniciativa política que viesse a questionar a estrutura que dá origem às desigualdades sociais e econômicas acentuadas em nossas terras. Mas o Brasil optou por um caminho diferente do que sempre martelou a ortodoxia conservadora no quesito reajuste do salário mínimo e nada do que havia sido anunciado pelo catastrofismo se verificou.… >>>

0
Salário mínimo: desafio do movimento sindical para 2015

Antônio Augusto de Queiroz

A atual política de recuperação do salário mínimo prevê aumento real até 2015. Para que a valorização do salário mínimo seja estendida para o período de 2016 a 2019, o governo deverá enviar ao Congresso novo projeto de lei. O movimento sindical precisa incluir esse tema entre suas prioridades, porque o poder econômico, por intermédio dos grandes jornais brasileiros, já iniciou uma campanha pelo fim dos aumentos reais.… >>>

0
Salário mínimo, uma conquista

Frei Betto

Houve real melhoria de renda do trabalhador e redução da desigualdade social no Brasil. Porém, foi menos do que deveria e poderia ter sido feito, uma vez que a desigualdade de renda é uma pequena parte da desigualdade social, dada à crescente concentração de riqueza. Segundo a mais recente lista de bilionários da revista Forbes, as 124 pessoas mais ricas do Brasil acumulam um patrimônio equivalente a R$ 544 bilhões, cerca de 12,3% do PIB.… >>>

0