Aposentadoria no Chile: quem tem a culpa do fracasso?

Por Patricia Faermann | É grave o cenário da última década no país latino: cerca da metade dos aposentados conseguiram receber apenas 20% do que contribuíram. Desastre ocorreu depois da capitalização, que hoje Paulo Guedes projeta ao Brasil… >>>

0
“É preciso ajudar pequenas empresas sem destruir o mercado de trabalho” diz Santiago Levy

[vc_row][vc_column][vc_column_text] Estabilidade macroeconômica, abertura comercial, aumento de investimento e de escolaridade. Apontados na literatura como fundamentais para um país próspero e produtivo, esses elementos não têm sido suficientes para garantir dinamismo econômico ao México. De 1996 a 2015, o PIB per capita do país expandiu-se apenas 1,2% ao ano. Ao estudar as causas desse descompasso, o economista Santiago Levy – ex-ministro de Finanças e Crédito Público, criador do Bolsa Família mexicano, com passagem pelo BID – se tornou referência quando … >>>

0
Previdência: alguns pingos nos is

Por Róber Iturriet Avila | Não é honesto usar dados de um período de recessão ou estagnação econômica para um debate que deve ser de longo prazo, bem como ignorar que excessos do passado em pensões e aposentadorias de servidores públicos já estão em correção… >>>

0
PEC da Previdência: reforma ou destruição? Parte I

Por Jorge Luiz Souto Maior | Nesta primeira parte, pretendo verificar como, no aspecto econômico, a PEC 6/19 se desvia dos propósitos que diz pretender alcançar e, mais importante, como reitera erros anteriores no aspecto da negação do projeto de Seguridade Social fixado na Constituição de 1988… >>>

0
Os impactos da reforma da Previdência nos municípios

Por Álvaro Sólon de França | O debate sobre o sistema previdenciário brasileiro, mesmo tendo despertado a atenção de toda a Nação, devido à importância do tema, ainda assim deixou de fora aspectos reveladores da magnitude de uma estrutura que precisa ser cada vez mais aperfeiçoada, em benefício de toda a sociedade brasileira… >>>

1