Trabalho por conta própria e a era digital

Por Antonio Baylos | Os novos paradigmas de exploração do trabalho devem ser lidos a partir da perspectiva de garantir os conteúdos essenciais da noção de trabalho decente e a preservação dos direitos individuais e coletivos diretamente ligados à condição de cidadania. Com a modéstia do pensamento do direito, este é um futuro do trabalho que acreditamos ser possível… >>

0
A “liberdade” do trabalhador

Por Jefferson Alves | O Estado deve retomar sua atuação normativa para que a liberdade dos trabalhadores de disponibilizar sua força de trabalho como entender melhor não resulte em sua subjugação pelo empregador, em condições de trabalho degradantes… >>

0
Luta de classes na era do Uber

Por Marco Antonio Gonsales de Oliveira, Rodrigo Bombonati de Souza Moraes e Rogério de Souza | Distintos entre si, fordismo e toyotismo tinham algo em comum: a oferta, aos trabalhadores, de compensações parciais. O novo arranjo “produtivo” é retrocesso puro… >>

0
O futuro e o desemprego

Por Clemente Ganz Lucio | Será preciso lutar, sustentar a democracia na raça, para que os brasileiros e brasileiras deem, pelo voto, outro destino ao país… >>

0
Precarização, autorizada e legalizada

Por Clemente Ganz Lúcio | As diferentes formas de precarização derrubam a renda das famílias, enquanto aceleram o crescimento da renda do capital e de acionistas. Crescem as desigualdades na distribuição funcional da renda. As famílias são pressionadas a aumentar a jornada dedicada a diferentes trabalhos precários, que oferecem baixos salários, para compor a renda… >>

1
A reforma que deforma

Por Clemente Ganz Lúcio | O que se tem é um projeto para reduzir estruturalmente o custo do trabalho, legalizando a precarização, ampliando o desequilíbrio de poder entre a empresa e o trabalhador, submetendo-o ao mando do empregador… >>

0