Trabalhando duro, trabalhando quase nunca

Meagan Day

No contexto do Estados Unidos, há não só uma polarização entre o topo e a base do espectro econômico, mas uma bifurcação na própria base, com algumas pessoas trabalhando por mais horas do que nunca e outras cada vez mais desconectadas da força de trabalho por completo.… >>>

Trabalhar seis horas, desejo impossível?

Esteban Mercatante

Sob a lógica capitalista, todo avanço tecnológico produz desemprego e submissão. Um novo projeto emancipatório precisa exigir o contrário: redução substantiva da jornada, sem diminuição de salários.
>>>

O que o 1º de Maio ensina à nova cultura política

Altamiro Borges

No final do século XIX, nos Estados Unidos, anarquistas, sindicatos embrionários e jornalistas contra-hegemônicos lutaram pela jornada de 8 horas. Os líderes foram enforcados, mas a vitória repercute ainda hoje — e diz algo sobre as lutas futuras.

>>>