Índia atrasa os direitos de seus vendedores ambulantes

A Corte Suprema de Justiça da Índia declarou, em 2010, a venda ambulante como um direito fundamental. “Considerando que uma alarmante proporção da população de nosso país vive abaixo da linha de pobreza, quando os cidadãos, reunindo magros recursos, tentam trabalhar como vendedores ambulantes, não se pode submetê-los a privações com o pretexto de que não têm direitos”,… >>>

0