A depressão econômica que mata

Por Luiz Gonzaga Belluzzo, Denis Maracci Gimenez, José Augusto Ruas, Rodrigo Sabbatini e Saulo Abouchedid | É fundamental defender os circuitos que mantém a renda circulando, a ‘economia girando’
>>>

0
Por que os mercados globais estão em pânico

Por Antonio Martins | Coronavírus foi o estopim. Bancos voltaram aos empréstimos irresponsáveis em massa. Dívidas tóxicas no mesmo nível da crise de 2008. Desaceleração econômica ameaça o castelo de cartas. Governos tentarão despejar as perdas sobre as maiorias. Mas há um feixe de alternativas pós-capitalistas… >>>

0
Dia 8 de março, por que paramos?

Por Cristina Pereira Vieceli | O dia 8 de março não é uma data para recebermos parabéns e flores, mas um dia que simboliza a luta das mulheres no mundo para que direitos como moradia decente, alimentação e a reprodução da vida não sejam tratados como privilégios… >>>

0
Economia: o fantasma da crise externa

Por Leda Paulani | Brasil perdeu, só em 2019, US$ 26 bi em divisas. Fugas cambiais já produziram desindustrialização e desemprego em massa. Agora, com balanço externo negativo e diplomacia de presepadas, podemos caminhar de novo para o caos… >>>

0
Os Parasitas, as classes e a insustentabilidade

Por Veyzon Campos Muniz | Através de exposta ignorância sobre o conteúdo jurídico do direito humano ao desenvolvimento, o ministro da economia desvela uma agenda política despreocupada com a redução das desigualdades socioeconômicas… >>>

0
A empregada de Guedes e a cozinheira de Lênin

Por Antonio Martins | Quatro pontos para examinar a política econômica oficial, entender por que o ministro mente, quando diz que o dólar alto garante a indústria forte, e começar a formular alternativas reais para proteger a produção brasileira… >>>

0
Crise e desemprego no Brasil

Por Virginia Rolla Donoso e Carlos Henrique Horn | Ao final do ano de 2019, havia mais de 12 milhões de pessoas desempregadas no Brasil. Essas pessoas não dispunham de uma ocupação que lhes garantisse renda regular e estavam ativamente em busca de um trabalho. Representavam quase 12% da força de trabalho do país. O pano de fundo desta situação é a crise recessiva dos anos de 2015 e 2016, à qual se seguiram três anos de estagnação da economia brasileira… >>>

0