Projeto de reforma trabalhista: um escárnio!

Valdete Souto Severo

A leitura das proposições formuladas pelo relator, que deveria ter vergonha de apresentá-las ao Congresso Nacional, revela uma tentativa de negar toda a raiz que justifica a existência mesma do Direito do Trabalho. Melhor seria propor uma lei com um único artigo: fica revogado o Direito do Trabalho no Brasil. E a partir daí preparar-se para a barbárie.… >>>

0
Fora, terceirização!

Jorge Luiz Souto Maior

Embora aparente ser de uma derrota profunda, o momento presente, dada a capacidade de mobilização social demonstrada desde 2013 e que cada vez mais se espalha entre as organizações trabalhistas, que estão reaprendendo o caminho das ruas, constitui uma grande oportunidade para que, enfim, se consiga barrar o processo de desmonte da legislação trabalhista.… >>>

0
O Direito do Trabalho NÃO acabou, nem a luta CONTRA a terceirização!

Valdete Souto Severo

O aplicador da legislação trabalhista tem o dever de buscar a norma que mais preserve a proteção a quem trabalha, para aplicá-la no caso concreto. Temos, portanto, armas (jurídicas) suficientes para conter os efeitos nocivos que o PL 4302 pretende alcançar ao chancelar a prática da precarização nas relações de trabalho.… >>>

0
O Brasil não está preparado para o fim da CLT

Almir Felitte

Uma reforma trabalhista no país deve se preocupar, primeiro, com as condições para que os sindicatos exerçam suas funções de forma independente, sem a influência de setores patronais com poderio econômico.
>>>

0
2017 será longo

Clemente Ganz Lúcio

Nosso desafio é percorrer 2017 lutando para que nossa esperança de sermos um país desenvolvido não seja destruída ou vendida. Não será fácil, mas quando a vida foi fácil para os trabalhadores?… >>>

0
Três grandes desafios sindicais para 2017

Clemente Ganz Lúcio

Três prioridades, (a) emprego, crescimento econômico e reestruturação produtiva, (b) previdência e seguridade social, (c) legislação trabalhista e negociação coletiva orientarão o trabalho do DIEESE para subsidiar o movimento sindical para as grandes lutas em 2017.… >>>

0
Estado de guerra contra os direitos sociais

Jorge Luiz Souto Maior e Valdete Souto Severo

A lição que o dia 20 de dezembro de 2016 deixa, sobretudo pela forma como os fatos foram deturpados pela mídia e pelos burocratas do Estado, é a dificuldade insuperável de se integrarem a um mesmo discurso as expressões democracia e capitalismo.… >>>

0
A roda da História

Por Lorena Holzmann | Falar na roda da História girando para trás, na contramão do processo de avanço civilizatório, não é uma visão apocalíptica, fantasiosa e pessimista de um futuro impossível, mas a construção de uma perspectiva delineada a partir de uma abordagem fática dos tempos modernos… >>>

1
O palanque da reforma trabalhista

Jorge Luiz Souto Maior

Alçado ao poder por um golpe, o governo interino aprendeu muito que a fórmula básica para que se mantivesse no poder seria a de anunciar reformas na CLT.… >>>

0