Sindicato e Volks confirmam ‘lay-off’ para 2,3 mil metalúrgicos

O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a Volkswagen em São Bernardo concluíram acordo para colocar 2.357 trabalhadores em regime de lay-off (suspensão de contrato de trabalho por prazo determinado). A medida entra em vigor a partir da segunda-feira (06/07) e tem validade de cinco meses. O motivo é a redução no volume de produção. Desde 1° de junho 220 funcionários estão afastados pelo sistema.

De acordo com o sindicato, a empresa apresentou a necessidade de adotar medidas para adequar a produção devido à baixa nas vendas. Conforme dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a Volks vendeu 134.238 veículos nos primeiros cinco meses do ano, menos 30,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

O diretor do Sindicato e funcionário da empresa José Roberto Nogueira, o Bigodinho, disse que a negociação se arrasta já há um bom tempo e os trabalhadores compreendem o momento delicado que atravessam e focam na proteção ao emprego como melhor saída. “Nós confiamos que o período será superado e que todos retornarão ao trabalho”, comentou o dirigente.

Pelo mesmo motivo, queda nas vendas, no início de janeiro, a empresa anunciou a demissão de 800 trabalhadores. O fato rompeu um greve de 11 dias, encerrada com a reversão dos desligamentos e condição de estabilidade a todos por quatro anos.

[divide]

Fonte: Rede Brasil Atual
Data original da publicação: 01/07/2015

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *