Representantes de juízes e procuradores criticam reforma da Previdência

Representantes da magistratura e do Ministério Público classificaram a atual proposta de reforma da Previdência como injusta e desumana. Eles participaram de audiência pública da CPI da Previdência, na segunda-feira (5). Para o representante da Associação dos Magistrados Brasileiros, Jayme Martins de Oliveira, a proposta do governo, que, em sua opinião, já era ruim foi piorada pelo relator da matéria na Câmara dos Deputados.

O representante da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público, Paulo Penteado Teixeira, afirmou que, como a expectativa média de vida com saúde do brasileiro é de 65,6 anos, ele teria seis meses para aproveitar com saúde a sua aposentadoria. O relator da CPI, senador Hélio José (PMDB-DF), entende que se vai começar uma nova regra de aposentadoria, ela tem que valer para os novos segurados da Previdência. A reportagem é de Maurício de Santi, da Rádio Senado.

[gap]

Fonte: Agência Senado
Data original da publicação: 05/06/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *