O sindicalismo na era Lula: paradoxos, perspectivas e olhares

OLIVEIRAsindicalismo_350No Brasil, as conquistas alcançadas pela classe trabalhadora e pelos segmentos outrora miseráveis são unanimemente reconhecidas. Nesse sentido o “lulismo” venceu enormes resistências. Mas será isso substancial? Não estamos seguros, porém, se o projeto de um desenvolvimentismo que garanta verdadeiros programas sociais, que acarretem bem-estar e sejam extensíveis a toda a classe trabalhadora já se encontra no seu ponto de arranque ou se a linha férrea para pôr esse “comboio” a circular está ainda, toda ela, por construir.

Sabe-se, no entanto, o seguinte: o trabalho social (e institucional) do sindicalismo brasileiro e mundial é uma instância incontornável para que um tal projeto seja viável. E se o conhecimento do campo trabalhista e sindical for um contributo nesse sentido, os resultados deste livro serão um elemento decisivo para tal.

(texto por Elísio Estanque, presente no site da editora)

Informações

Título: O sindicalismo na era Lula: paradoxos, perspectivas e olhares
Organizadores: Roberto Véras de Oliveira; Maria Aparecida Bridi; Marcos Ferraz
Editora: Fino Traço
Ano: 2014
Sumárioclique aqui

Onde encontrar: A obra pode ser adquirida diretamente de sua editora.

Leia também

1 comentário

  1. Pingback: Especialistas analisam os caminhos do sindicalismo brasileiro | DMT – Democracia e Mundo do Trabalho em Debate

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *