O protagonismo popular: experiências de classe e movimentos sociais na construção do socialismo chileno (1964-1973)

curyprotagonismo_350Este trabalho analisa o período da Unidade Popular no Chile, a partir da atuação de sua classe trabalhadora, cuja participação significou uma das principais expressões de sua identidade e representou a faceta mais criativa do socialismo chileno. Por meio do cruzamento de diversas fontes documentais e de entrevistas, buscou-se valorizar as experiências históricas dos trabalhadores no cotidiano dos bairros operários, no ambiente de trabalho, nas entidades de classe e nas relações entre os movimentos sociais e os partidos de esquerda. O que se evidencia é que a atuação popular, a qual ultrapassou os canais institucionais de representação, assentava-se numa longa tradição política e que os trabalhadores, com base em suas próprias experiências e concepções de mundo, reapropriaram-se do projeto político apresentado pela esquerda.

(texto presente no site da editora)

Informações

Título: O protagonismo popular: experiências de classe e movimentos sociais na construção do socialismo chileno (1964-1973)
Autora: Márcia Cury
Editora: Ed. Unicamp
Ano: 2017

Onde encontrar: A obra pode ser adquirida diretamente de sua editora ou em sebos cadastrados no site Estante Virtual, entre outros.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *