No Dia da Empregada Doméstica, Dieese destaca aumento da formalização

No Dia da Empregada Doméstica, Dieese destaca aumento da formalização

No Dia da Empregada Doméstica, comemorado na última segunda-feira (27/04), o coordenador de atendimento sindical do Dieese e analista econômico da Rádio Brasil Atual, Airton Santos, comemorou os avanços alcançados pela classe, impulsionados pela aprovação, em 2013, da PEC das Domésticas, como o aumento do número de trabalhadoras com carteira assinada, conforme apontou pesquisa Seade/Dieese, realizada na região metropolitana de São Paulo e divulgada na última semana.

Segundo a pesquisa, o percentual de mensalistas com registro em carteira subiu de 31,4%, em 2003, para 40,9%, em 2014.

“Depois de uma batalha muito grande, durante vários anos, em 2013, uma emenda à Constituição acabou estendendo às empregadas domésticas os direitos que já gozavam os demais trabalhadores”, ressalta Airton.

O coordenador do Dieese também destacou o crescimento do rendimento médio por hora das mensalistas com carteira assinada que subiu de R$ 6,50 em 2013 para R$ 6,89 no ano passado.

Outra dado relevante para Airton foi o aumento do número de domésticas que contribuem para a Previdência, chegando a 52%. Entre as com carteira assinada, esse índice é de 100%, o que contribuiu para a elevação geral.

Segundo o analista, a regulamentação trouxe “melhorias nas condições de trabalho, salário e previdência”, que foi conseguida “não sem muita luta da parte da categoria”, e lembrou que o trabalho doméstico é, ainda, uma das principais alternativas para a inserção ocupacional feminina.

Fonte: Rede Brasil Atual
Data original de publicação: 27/04/2015

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *