MTE autorizou 51,7 mil estrangeiros a trabalharem no País em 2014

O número de estrangeiros que receberam autorização para trabalhar no Brasil foi de 51,7 mil em 2014. Os dados, divulgados na terça-feira (10/03) pelo Ministério do Trabalho e Emprego, mostram uma queda de 24% nos processos atendidos pela Coordenação Geral de Imigração.

De acordo com o ministro do Trabalho, Manoel Dias, a redução se deve à desburocratização dos procedimentos. Pedidos que antes eram analisados pela coordenação do ministério agora podem ser processados diretamente pelos consulados brasileiros nos países de origem. “Desburocratizamos o atendimento aos estrangeiros, com resultados significativos e vamos seguir com nosso projeto de modernização do MTE”, avaliou.

O número de carteiras de trabalho emitidas no Brasil para estrangeiros traz um retrato da imigração no País. Os dados da Relação Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho e Emprego (RAIS), que também foram apresentados na terça-feira, dizem respeito a 2013. Naquele ano, os imigrantes que atuavam formalmente no País eram 120 mil, um crescimento de 50,9% em relação a 2011.

No mesmo período, os haitianos tiveram aumento de 814 para 14.579 trabalhadores, um crescimento de quase 18 vezes. Em números absolutos, Portugal, Bolívia e Argentina continuaram com a maior presença de trabalhadores no mercado Brasileiro.

[divide]

Fonte: Estado de Minas
Data original da publicação: 10/03/2015

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *