Greves no Brasil (de 1968 aos dias atuais), livro 2

Reprodução
Reprodução

O lançamento da Coleção Por que cruzamos os braços, com depoimentos de sessenta lideranças de greves ocorridas no Brasil nas últimas décadas, é o coroamento de pesquisa realizada em parceria entre o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) e o Laboratório de Documentação e Pesquisas em Instituições Políticas (DataPol) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), com financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP).

Faz parte das comemorações dos sessenta anos de fundação do DIEESE, órgão de pesquisa, assessoria e educação, criado e mantido pelos sindicatos de trabalhadores brasileiros.

Este é o segundo livro da Coleção. Nele se encontram mais doze depoimentos de lideranças de diversas categorias profissionais e regiões do país, que protagonizaram importantes movimentos grevistas nas últimas décadas.

Para além do registro das greves, os depoimentos revelam diferentes visões de sindicalismo e, consequentemente, diferentes estratégias sindicais, que traduzem o significado de cada luta, em diversos períodos localizados entre o final dos anos de 1960 e a década de 2010.

Sua leitura é fundamental para todos aqueles que desejam refletir sobre as lutas dos trabalhadores por uma sociedade com maior justiça e equidade.

(texto presente no site da editora)

Informações

Título: Greves no Brasil (de 1968 aos dias atuais), livro 2
Organizadores: Carlindo R. de Oliveira, Eduardo G. Noronha, Vera Gebrin e Victor Gnecco Pagani
Editora: Cortez
Ano: 2016

Onde encontrar: A obra pode ser adquirida diretamente de sua editora, em livrarias, como Livraria Cultura e Saraiva, ou em sebos cadastrados no site Estante Virtual, entre outros.

Leia também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *