Governo propõe salário mínimo de R$ 1.079 para 2021, sem aumento real

Fotografia: Pixabay

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (15) a proposta de reajustar em R$ 34 o salário mínimo para 2021. Pelo projeto, o valor passa de R$ 1.045 para R$ 1.079, corrigido apenas pela inflação, como ocorreu com a remuneração deste ano.

Se aprovado sem mudanças pelo Congresso, o valor começa a valer em janeiro do ano que vem, com pagamento em fevereiro.

Para os anos seguintes, o governo propôs os valores de:

R$ 1.120, para 2022

R$ 1.160 para 2023

Os salários no Brasil, conforme determina a Constituição, devem ser reajustados pelo menos de acordo com a variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) do ano anterior.

Desde que assumiu o comando do País, o presidente Jair Bolsonaro e seu governo mudaram a política de aumento do salário mínimo. A proposta que vinha em curso nos últimos anos, de autoria da ex-presidente Dilma Rousseff e aprovada pelo Congresso, previa aumentos reais —  mas nem sempre acima da inflação.

Nos anos em que a economia retraiu (2017 e 2018, por exemplo), a variação que garantia o aumento real com base no crescimento do PIB, não pode ser cumprida e foi corrigida pelas pena inflação.

Fonte: Huffpost Brasil
Data original da publicação: 15/04/2020

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *