Desemprego em Portugal vai a 16,5%

A taxa de desemprego em Portugal subiu para 16,5% em dezembro de 2012, ligeiramente acima do valor observado no mês anterior (16,3%) e superior aos 14,6% de um ano antes, segundo dados divulgados pelo Eurostat.

Em toda a zona do euro, o desemprego ficou em 11,7% em dezembro. Na União Europeia (UE) permaneceu também estável nos 10,7%, pelo terceiro mês consecutivo nos dois casos.

Entre os Estados-membros, Portugal continua a ter a terceira taxa de desemprego mais elevada, apenas atrás da Grécia (26,8%, valor referente a outubro) e da Espanha (26,1%), enquanto Áustria (4,3%), Alemanha e Luxemburgo (5,3% cada) apresentam as taxas mais baixas.

Na comparação homóloga, as maiores subidas na taxa de desemprego verificaram-se na Grécia (19,7% para 26,8% entre outubro de 2011 e outubro de 2012), no Chipre (de 9,7% para 14,7% entre dezembro de 2011 de dezembro de 2012), na Espanha (de 23,2% para 26,1, no mesmo período) e em Portugal (de 14,6% para 16,5%).

Entre os jovens (com menos de 25 anos), o desemprego em Portugal foi de 38,3% em dezembro, ligeiramente inferior aos 38,7% em novembro de 2012.

De acordo com as estimativas do Eurostat, gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, em dezembro de 2012 existiam 25,926 milhões de pessoas desempregadas na UE, das quais 18,715 milhões na zona do euro.

[divide]

Fonte: Rede Brasil Atual

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *