E agora, José? A “reforma” trabalhista diante da ordem constitucional

Valdete Souto Severo

O trabalho artesanal de reconstrução da proteção no âmbito das relações de trabalho será árduo, porque, como não temos o direito de ser ingênuos em um momento de exceção como o que estamos vivendo, sabemos bem qual é o escopo dessa lei. Haverá, por isso mesmo, muita resistência por parte daqueles que comemoram o desmanche. Essa é, porém, uma tarefa necessária.… >>>

0
O apito da panela de pressão

Paulo Kliass

Frente ao atual quadro, é compreensível a indagação de quem não entende a passividade da maioria. Até quando aguardar para que ouçamos o apito da panela?… >>>

0
Por uma outra reforma trabalhista

Clemente Ganz Lúcio

Construído fora do espaço do diálogo social, o sistema que emerge dessa reforma acirrará os conflitos, aumentará a desconfiança, fragilizará compromissos e trará mais insegurança. Esse é um projeto de um país que está andando para trás.… >>>

0
O trabalho doméstico na crise econômica: uma dinâmica anticíclica

Juliane Furno

No período dos governos petistas, o trabalho doméstico foi perdendo centralidade. Está aí a sua característica anticíclica. Quando todas as ocupações crescem e a economia retoma o dinamismo e o crescimento, o emprego doméstico tende a perder participação. Nas manifestações pró-Impeachment, não raras vezes se erguiam cartazes denunciando o alto custo do trabalho doméstico.… >>>

0
Meritocracia, deus e o diabo

Valter Palmieri Júnior

Não basta ter coragem e acreditar que o cara lá de cima vai lhe dar tudo. Sem consciência de classe, o caminho é o individualismo ainda mais competitivo, a privatização de todos os direitos, o cidadão transformado em consumidor e o trabalhador em empresário de si mesmo.… >>>

0
A reforma trabalhista vai gerar mais empregos?

Juliane Furno, Christian Caldeira, Juliana Duffles Donato Moreira, Euzébio Jorge e Ana Luíza Matos de Oliveira

O projeto de reforma trabalhista visa à elevação das margens de lucros dos empresários e precarização das relações, estabelecendo um novo padrão societário no qual a ‘força de trabalho’ intensifica sua subordinação ao capital.… >>>

0
Terceirização da atividade-fim é o fim da terceirização

Jorge Luiz Souto Maior

Mesmo com a revitalização da antiga onda de ataques aos direitos sociais, pelos quais, sob a retórica da modernidade, procura-se conduzir a sociedade brasileira aos tempos do século XIX, o percurso da progressividade se impõe por incidência da razão e da lógica.… >>>

0
Inglaterra: a classe trabalhadora foi mesmo para a direita?

Reginaldo Moraes

A atitude mais frequente e mais durável da classe trabalhadora é a opção por não votar. E só é deslocada dessa indiferença se desponta algo de urgente e que valha a pena. Agora, com o Partido Trabalhista com a cara de Jeremy Corbin, aconteceu algo parecido.… >>>

0
A reforma que deforma

Clemente Ganz Lúcio

O que se tem é um projeto para reduzir estruturalmente o custo do trabalho, legalizando a precarização, ampliando o desequilíbrio de poder entre a empresa e o trabalhador, submetendo-o ao mando do empregador. … >>>

0