Um mercado de trabalho estagnado

Por Virginia Rolla Donoso e Carlos Henrique Horn | A economia brasileira atravessa um período de baixo dinamismo, em que o ritmo da atividade parece tender à estagnação no ano de 2019. Neste contexto, o mercado de trabalho não tem apresentado mudança significativa em relação ao passado recente… >>>

1
Reforma tributária como alternativa à reforma da Previdência. Entrevista com Eduardo Fagnani

A reforma tributária pode ser uma alternativa à reforma da Previdência. Essa proposta é defendida pelo economista Eduardo Fagnani que, juntamente com outros pesquisadores, fez uma série de cálculos que demonstram como mudanças no atual sistema tributário podem aumentar mais a receita do governo federal do que a proposta da reforma previdenciária. Fagnani aposta num sistema mais regressivo, que taxa renda, patrimônio e transações financeiras e diminui a tributação de impostos sobre bens e serviços. “Os resultados das simulações mostram … >>>

teste de legendas

Passados mais de 20 dias do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) mantém escritório, refeitório e sala de treinamento funcionando abaixo das barragens do Vigia e Auxiliar do Vigia, em Ouro Preto. A Repórter Brasil teve acesso à fotografias feitas em 13/02, que mostram o funcionamento das unidades construídas ao pé das barragens, em um distrito de Ouro Preto, distante 20 quilômetros do centro de Congonhas. “Os trabalhadores estão apavorados”, afirma o funcionário da … >>>

As profissões ameaçadas pelos avanços tecnológicos

“Qualquer trabalho que seja rotineiro ou previsível, será feito por um algoritmo matemático dentro de cinco ou dez anos.” Essa é a previsão do americano John Pugliano, o polêmico autor de The Robots are Coming: A Human’s Survival Guide to Profiting in the Age of Automation.… >>>

Bolsonaro vai se dar mal: trabalhadores preferem a informalidade à CLT precária

Por Rosana Pinheiro-Machado | Bolsonaro não percebeu, mas o trabalhador já fez a sua escolha: ou mais direitos ou informalidade. O que ele propõe para gerar empregos é flexibilizar ainda mais a legislação trabalhista. O problema é que a fórmula neoliberal não se sustenta porque as pessoas aprenderam que “se é para ser escravo, é melhor ser escravos de si próprio”… >>>