Aprendizagem: metamorfose de uma política pública de educação e trabalho dirigida à juventude brasileira

Autor: José Rodrigo Paprotzki Veloso
Orientadora: Marta Maria Assumpção Rodrigues
Ano: 2015
Tipo: Dissertação de Mestrado
Instituição: Universidade de São Paulo. Escola de Artes, Ciências e Humanidades. Programa de Pós-Graduação em Gestão de Políticas Públicas
Repositório: Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da USP
Resumo: Aprendizagem é uma política pública de inserção do jovem no mercado de trabalho por meio do veículo da formação profissional. Sistematizada durante o Estado Novo com a promoção do patronato, foi revigorada durante as iniciativas de reforma do Estado no início do século XXI mediante a ascensão dos discursos de investimento social privado e da emergência do terceiro setor. Observa-se que, a despeito de vozes multilaterais que demandam por mão de obra qualificada, a política pública no Brasil é caracteristicamente assistencial, relevando a qualificação para o trabalho como uma prioridade secundária. Este estudo aborda as relações de forças firmadas entre os atores ao longo da trajetória desta política pública com o objetivo de investigar suas transformações, bem como a manutenção de suas características originais, como a relação do Estado brasileiro com o jovem na condição de risco social. Tratando-se de um tema transdisciplinar, cuja investigação se presta à contribuição de ciências humanas como a educação, a sociologia e a ciência política, a Aprendizagem brasileira é analisada com o emprego de uma avaliação sistemático-comparativa da política pública em outros países em apoio ao institucionalismo histórico como estratégia de metodologia de pesquisa.
Arquivo: Acesse aqui o texto completo
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *