A re-união: #Brasil pela democracia e pela vida

Conversas identificaram preocupações e interesses comuns. Preparado, um encontro revelou a disposição de organizações, movimentos e entidades estabelecerem um diálogo social orientado pela cooperação para defender e promover a democracia e a vida no Brasil.

Intencionalmente atacadas e aviltadas, a democracia e a vida sofrem com as políticas e inciativas do Governo Federal. O Estado Democrático de Direito, a Constituição e as instituições são depreciadas, a política desqualificada, o diálogo substituído pelo conforto. A pandemia mata milhares que poderiam ter suas vidas preservadas se houvessem coordenação e inciativas por parte do Governo Federal, que na sua inépcia é responsável por uma das mais graves crises humanitárias no país.

Cerca de 70 entidades e movimentos da sociedade civil organizada decidiram criar uma mesa de diálogo para compartilhar diagnósticos, preocupações e visões sobre situações em destaque e com o propósito de atuar e intervir na realidade. O inovador será a cooperação entre as organizações, entidades e movimentos existentes a partir dos seus propósitos e valores. Apostamos que a forma como se desenvolverá a cooperação transformará as diferenças em riqueza política e em força social inestimável.

O convite está aberto para todas as organizações, entidades e movimentos que compartilhando os valores e propósitos de defesa e promoção da democracia e da vida, se integrem à esta longa jornada de iniciativas elaboradas, criadas e produzidas de forma cooperada, em torno de uma mesa de diálogo social.

A Campanha #Brasil pela Democracia e #Brasil pela Vida é um convite à re-união de quem já lutou pelo fim da ditadura militar, pela constituinte e pelas Diretas Já, com quem, desde então, luta em múltiplas frente. Distanciados, os resultados avançaram, mas, ainda assim, não alcançaram a desejada promoção da democracia e da vida. Distanciados, abriu-se espaço para graves regressões civilizatórias e políticas no país, com consequências sociais e econômicas dramáticas. Diante dessa tragédia, emerge novamente a sabedoria histórica da unidade em torno da cooperação e os propósitos solidários pelo bem comum, pela igualdade, contra o racismo, pela sustentabilidade ambiental, pela proteção social de todos os povos, pela justiça social.

O convite é para a sociedade civil seguir junto em campanha, encontrar outras iniciativas com propósitos semelhantes, re-conhecer caminhantes e, juntos, trilhar caminhos para construir aquilo que ainda não existe (utopia!), mas que pode ser inventado, criado e promovido pela capacidade de diálogo e de cooperação no espaço da arte da política.

Conheça e participe da Campanha. Acesse o site e saiba mais: www.brasilpelademocracia.org.br

Fonte: Agência Sindical
Texto: Clemente Ganz Lúcio
Data original da publicação: 29/06/2020

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *