19 de dezembro de 1983: É fundado o Diap, importante organismo para a atuação de entidades sindicais junto ao Congresso Nacional

Há 35 anos foi fundado o Diap, importante organismo para a atuação de entidades sindicais junto ao Congresso Nacional.

Imagem: DIAP

Igor Natusch

A atuação dos sindicatos na proteção dos direitos de trabalhadoras e trabalhadores não se limita aos dissídios, piquetes de greve e mesas de negociação com as patronais. No começo dos anos 1980, junto com os movimentos de aproximação que geraram várias das centrais sindicais ainda hoje atuantes no país, surgiu entre os representantes das categorias profissionais a consciência de que era necessário atuar de forma mais organizada junto ao Congresso Nacional, onde são debatidos e votados projetos de lei fundamentais para a classe trabalhadora.

Um passo importante na busca dessa organização ocorreu em agosto de 1981, quando, durante o Congresso Nacional de Estivadores, Portuários, Marítimos, Fluviários, Aeroviários, Aeronautas e Pescadores em Fortaleza (CE), foi aprovada resolução para a criação de um órgão específico para ajudar os sindicatos na tarefa de influenciar as decisões no parlamento.

Dois anos depois, no dia 19 de dezembro de 1983, concretizou-se a criação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), na sede nacional da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), em Brasília. O idealizador do Diap, Ulisses Riedel de Resende, se tornaria futuramente diretor técnico do órgão.

Na primeira assembleia, representantes de 50 entidades sindicais compareceram. Hoje, são cerca de 900 agremiações, que definem a diretoria do Diap por meio de assembleia geral. Além do boletim informativo periódico, que mantém os sindicatos por dentro das movimentações no Congresso Nacional, o departamento mantém a Agência Diap de Notícias e edita, todos os anos, publicações sobre a atuação de parlamentares e a formação de blocos de poder nas casas legislativas.

Veja outras datas históricas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *