04/10/2015 a 07/10/2015 – XVI Jornada do Trabalho: “Crise Social e Crise do/no Trabalho: vínculos e contradições entre estrutura e conjuntura no Brasil”

Entre os dias 04 e 07 de outubro será realizada a XVI Jornada do Trabalho em Jardim, MS, intitulada “Crise Social e Crise do/no Trabalho: vínculos e contradições entre estrutura e conjuntura no Brasil”, organizada pelo Grupo de Pesquisa Centro de Estudos de Geografia do Trabalho (CEGeT). O evento será realizado nas dependências da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), junto a Coordenação do Curso de Geografia, da unidade universitária de Jardim.

O evento tem por objetivo dar continuidade à expansão e consolidação da Rede CEGeT de Pesquisa (RCP), formada por vinte e um sub-grupos ou instâncias de organização, em várias universidades públicas no país, que têm em comum centrar suas análises no mundo do trabalho, pela via da leitura geográfica, com destaque para as origens, características, impactos e desdobramentos do destrutivismo do capital. Permeada por assuntos/temáticas, objetos de estudo e recortes territoriais dos mais diversos, a XVI Jornada do Trabalho pretende congregar mais uma vez, estudiosos, militantes e demais interessados de todo o país dedicados a analisar e debater criticamente o conjunto de questões que serão abordadas, de modo a avançar na explicitação/reflexão acerca dos conflitos, das resistências e das ações frente a conjuntura política e econômica atual que reforça o destrutivismo do sociometabolismo do capital e fragiliza/fragmenta o trabalho.

Durante os quatro dias de encontro, serão integrados pesquisadores de áreas diversas (Geografia, Sociologia, Antropologia, Pedagogia, entre outros) em diversos estágios (iniciação científica, extensionistas, especialistas, mestres e doutores), movimentos sociais, associações e sindicatos no intuito de fortalecer a discussão e o debate a respeito das questões conjunturais e estruturais que o país está vivenciando, por meio de grupos de trabalho, mesas redondas, oficinas, simpósios e trabalhos de campo.

Mais informações podem ser obtidas no site oficial do evento e aqui.

[divide]

Fonte: UEMS, com alterações
Data original da publicação: 10/07/2015

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *