02/08/2016 a 31/08/2016 – Exposição fotográfica Trabalho e Subjetividade

Em 02/08/2016 ocorrerá a abertura da exposição fotográfica Trabalho e Subjetividade, na Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), em Porto Alegre.

A exposição será composta por fotografias de Álvaro Merlo, Hugo Muller Neto e Karla Nyland com a temática da centralidade e invisibilidade do mundo do trabalho.

No dia 12/08/2016 será realizado um workshop.

Abaixo texto de divulgação da exposição, além de informações sobre os expositores.

Para evocar a centralidade e a invisibilidade no mundo de hoje convidamos três especialistas: uma psicóloga, um médico e um administrador para compartilharem suas impressões acerca do tema. O desafio era fazê-lo através da fotografia, uma arte que também os une. O resultado é esta exposição.

O trabalho como uma das bases na construção da identidade do Eu, como garantidor da saúde mental ou como nosso maior legado para o futuro são premissas confirmadas. Mas as profundas mudanças no mundo do trabalho, na contemporaneidade, trazem uma nova apreensão da subjetividade.

As fotografias de Álvaro Merlo, Hugo Muller Neto e Karla Nyland evocam a invisibilidade do sujeito e do trabalho que se transforma. Elas são o resultado de suas sensibilidades e visões de mundo, onde há uma busca da captura desta subjetividade. Realidades visíveis, próximas ou longínquas, são retratadas com o objetivo de esquadrinhar as metamorfoses invisíveis que acometem o mundo.

Clique na imagem abaixo para ampliá-la.
Print
Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *